<%@LANGUAGE="JAVASCRIPT" CODEPAGE="1252"%> A ARTE DO ORIGAMI, DOBRANDO E DESDOBRANDO TALENTOS
Revista Recre@rte Nº3 Junio 2005 ISSN: 1699-1834                                 http://www.iacat.com/revista/recrearte/recrearte03.htm

 

  A ARTE DO ORIGAMI

DOBRANDO E DESDOBRANDO TALENTOS

Regina Drumond Consultoria e Treinamento em RH, Qualidade e Criatividade

Rua Espírito Santo 977/601 30160-031 B. Horizonte fone 31 32 26 66 25

 

E eis que em minhas andanças pelo mundo, encontrei certa vez, sentado num banco de uma praça de uma cidade, um velho sábio. Logo que o reconheci sentei ao seu lado para pedir um conselho que somente os sábios conseguem transmitir.

- Velho sábio, eu gostaria de saber qual é o sentido da vida?

- Esta é uma pergunta que só Você pode responder.

- Como assim?

O sábio não me responde, em vez disso retirou de seu bolso duas folhas em branco, me deu uma folha e começou a dobrar a outra.

- Conhece o Origami?

- Sim. É uma arte oriental que consiste em dobrar uma folha, até formar uma figura.

- Sim é uma arte milenar iniciada há mais de 2000 anos na China, sendo que as principais dobras são de origem japonesa, país responsável pela sua difusão mundialmente.

E com um momento de pausa o sábio me disse, olhando para a sua folha: O sentido de sua vida é como esta folha em branco. A vida é como uma folha em branco e é você que escolhe que sentido dará para a mesma.

- O que?... Realmente não entendi o que ele queria me dizer naquele momento.

- Caberá a você escolher a figura que deseja fazer, cada dobra do origami é uma decisão que você toma, e escolhe se no final esta folha vai transformar-se em um pássaro, em uma borboleta ou um coração.

Naquele momento entendi as suas sábias palavras. Eu sou responsável pelos meus resultados. Cada dobra deve ser feita com atenção, com carinho, pois se fizer uma dobra errada o resultado será diferente do esperado e até mesmo sem qualidade.

Somente aqueles que ousam fazer as mais arriscadas dobras conseguem melhores resultados, ressaltou. E naquele instante o sábio me mostrou um coração que acabava de fazer com a sua folha. E assim naquele dia naquela praça, sentado ao lado dele, refletindo sobre suas palavras, fui passo a passo, dobrando uma folha em branco até que uma borboleta surgiu das dobras que fiz.

E até hoje continuo atento, concentrando minha atenção nas pessoas e coisas que me ajudam a despertar para o melhor uso de meus talentos na roda da vida.

Concentrar é refletir, refletir é conscientizar, conscientizar é semear valores para agir, agir é mudar, mudar é evoluir, evoluir é transformar-se diariamente em um melhor ser humano.

Uma folha de papel dobrada e desdobrada com pinceladas artisticas de criatividade, mostra as inúmeras possibilidades da arte do origami para o crescimento e desenvolvimento dos talentos e potenciais humanos.

O origami é uma técnica tradicionalmente conhecida, em especial na China e Japão, não se tendo uma idéia exata de qual foi o motivo para se iniciar esta

arte mágica de dobrar os papeis, que foi passadas de geração em geração, chegando ate nos.

Importante reconhecer que somente com um simples pedaço de papel, dobrado e desdobrado, se pode criar e inovar, formando figuras diferenciadas, tais como transformar o papel em passaro, em borboleta, barco, apenas para mencionar as formas tradicionais, podendo criar uma infinidade de outras formas ou figuras.

A geometria das dobras no plano e espaço, a paciência, o relaxamento, a memorização, a exatidão e a coordenação motora necessárias, contribui para a integração de grupos, para criar histórias, poemas, dramatizações, construções coletivas, analisar a qualidade de processos e outros benefícios.

Ori significa papel e kami significa dobrar, portanto origami é a arte de dobrar papel. Arte vem de artus que significa fazer bem feito, com perfeição e excelência. É um ato de organização estética e de domínio do conhecimento, e cria impacto de excelência e de inovação criativa.

Fazer as coisas com arte significa colocar amor ao que se está fazendo, pois este ato leva a colocar magia naquilo que se faz.

O campo criativo e as inúmeras possibilidades que se apresentam com as variedades do origami é enorme, pois pode-se fazer maravilhosas e originais fiquras, pequenas obras mestras que além de serem atraentes aos olhares, são também úteis para enfeites, para realizar trabalhos em equipes, para avaliar processos.

O convite para entrar neste mundo mágico do origami é levar cada pessoa que se dedica ao trabalho a se expressar de maneira cada vez com maior exatidão, com concentração e paciência, buscando sempre aprimorar a qualidade e sua criatividade.

O uso das mãos e dedos é considerado por estudiosos, ser de grande importância para o desenvolvimento das percepções cerebrais, porque estimula e realiza novas conexões entre os neurônios, traçando novos caminhos.

Aprende-se muito com o tato e a sua coordenação com a visão e os outros sentidos, estimula a estética, a habilidade social, a criatividade, por ser uma atividade rica em possibilidades inovadoras.

A arte do origami contribui para:

- estimular e melhorar a capacidade de concentração

- desenvolver a coordenação motora fina

- melhorar a destreza manual e a paciência

- reduzir o estresse

- melhorar a visão espacial

e, ainda contribui para a melhoria da forma de expressar, possibilitando satisfação pessoal daqueles que praticam o origami, podendo criar diferentes formas com um pedaço de papel, que se traduz como material de fácil acesso e mesmo reciclável, contribuindo para o meio ambiente.

Algumas pesquisas mostraram que a prática do origami na educação de crianças e de adultos ajuda no desenvolvimento de habilidades :

  • comportamental através de movimentos repetitivos, o aprendiz deve observar e ouvir com atenção as instruções do facilitador, e executá-las com qualidade e carinho, sendo que o sucesso do trabalho depende muito do executor, mostrando a importância do auto controle no trabalho, desenvolvendo o pensamento intuitivo
  • trabalho em equipe o ato de dobrar um quadrado ou retângulo de papel, transformando- o em uma figura tridimensional como, por exemplo, o pássaro da felicidade é um exercício importante para movimentar o raciocínio espacial e obter a simetria. Observando o trabalho do outro e ajudar o colega nas dobras é auxiliar na importância do trabalho em equipe.

A arte do origami é, portanto, uma atividade criativa que transmite curiosidade e alegria e finalmente leva a o executante a ter orgulho e satisfação diante da obra concluída.

Pode-se construir figuras simples e complexas, e com papeis pintados, coloridos, impressos que na maioria das vezes são inutilizados, pode - se confeccionar animais, flores, objetos diversos com uma variedade de construções e idéias criativas dos origamistas, transformando-se em presente para os olhos, para a mente e sentimentos.

Fazer navios, leques, aviões de papeis talvez já foi parte da infância de muitas pessoas que hoje buscam no origami uma maneira de reduzir o estresse, de concentrar, de melhorar a memória, de descansar no dia a dia.

Ao jogar aviões de papeis pela sala, apreciar os trabalhos realizados por si e pelos colegas, trabalha-se com processos e com a integração de grupos ou equipes.

Origami é considerado um ótimo exercício para a criatividade, para a concentração, para a mente como para as mãos, porque utiliza-se da harmonia dos hemisférios cerebrais de maneira agradável e leve.

Identificar formas, trabalhar a geometria, as cores é também auxiliar na aprendizagem. Com as figuras de animais e outras pode - se construir

historias, dramatizações, poemas, ativando a criatividade e a inovação, proporcionando momentos de alegria e bem estar aos praticantes.

Para desenvolver a arte do origami, o praticante necessita de treinamento em atenção e paciência, de concentração, persistência e de ter em mãos um simples pedaço de papel, cortado com harmonia, com as dimensões corretas e dobrado de maneira que as marcas fiquem visíveis, corretas e alinhadas, seguindo um roteiro ou diagrama proposto, modificando-o ou criando algo novo.

O maior encanto pessoal com a arte do origami é o seu poder de transformação - com materiais simples e baratos pode-se criar e inovar produzindo objetos encantadores.

Ao mesmo tempo em que se desenvolve a comunicação nas relações e a motivação criativa, que surge da compreensão da possibilidade de gerar novas idéias e da crença no potencial criativo do ser humano.

 

3º ciclo de formación en Creatividad acorde con la C.U.E.
               > Programa profesional (abierto a todos)
               > Master (para titulados)
               > Doctorado (para masters)

Julio 2005. INTENSIVO.    www.micat.net